Novo edital do Mais Médicos é publicado no Diário Oficial da União

01:51 Geral, Notícias 20/11/2018 - 10h35 Brasília Embed

Lucas Pordeus León

O edital para substituir os médicos cubanos do Programa Mais Médicos foi publicado no Diário Oficial da União desta terça-feira (20). As inscrições começam a partir desta quarta-feira (21) e vão até o dia 25 de novembro.

 

São mais de 8,3 mil vagas, em mais de 2,8 mil municípios brasileiros, além dos 34 Distritos Indígenas. No edital, as cidades são divididas pelo grau de população vulnerável, como porcentagem de pessoas vivendo na extrema pobreza.

 

No momento da inscrição, o médico escolhe, entre os locais disponíveis, onde quer trabalhar. As vagas selecionadas, então, deixam de aparecer no sistema e só reaparecem se o médico não comparecer ao município escolhido até o dia 7 de dezembro. 

 

Hoje, os cubanos atuam em locais onde não houve interesse por parte de médicos brasileiros em editais anteriores do Mais Médicos. O valor da bolsa do programa é de R$ 11.865 por mês.

 

O acordo firmado entre Brasil, Cuba e a Organização Pan Americana da Saúde (Opas) definiu que os profissionais cubanos deixarão o país gradualmente até o dia 12 de dezembro. O governo cubano decidiu sair do programa depois de declarações do presidente eleito Jair Bolsonaro, que pretendia mudar as regras do acordo. A Confederação Nacional dos Municípios estima que 28 milhões de pessoas serão afetadas. 

 

Para repor as vagas, o Ministério da Saúde preparou dois editais. O primeiro, exclusivamente para médicos formados no Brasil ou que passaram pelo Revalida, teste de validação de diplomas estrangeiros. O segundo edital será lançado em 27 de novembro para os médicos sem o Revalida, mas que terão que fazer o teste para assumir a vaga no Mais Médicos. O segundo edital ficará aberto até que as demandas por médicos sejam atendidas.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique