Polícia do Rio faz operação contra traficantes que se disfarçavam de mototaxistas

01:31 Geral, Notícias 01/11/2018 - 10h39 Rio de Janeiro Embed

Ícaro Matos

A Delegacia de Combate às Drogas da Polícia Civil do Rio de Janeiro deflagrou, na manhã desta quinta-feira (1º), a Operação "Undercover".

 

Cento e cinquenta agentes participam da ação, que tem o objetivo de desarticular a quadrilha de traficantes que atua no Morro do Urubu, que fica entre os bairros da Abolição e Pilares, na zona norte da capital fluminense.

 

Ao todo, foram expedidos 13 mandados de prisão preventiva pela Justiça, inclusive para  o chefe do tráfico na comunidade, Thiago Luís Domingos da Silva, conhecido como Messi.

 

De acordo com balanço parcial divulgado pela Polícia Civil às 8h, 10 pessoas já tinham sido presas, entre elas o gerente no tráfico da comunidade, Luciano Pereira de Castro, o Bracin.  Também houve apreensão de armas e drogas, mas os números não foram informados.

 

De acordo com as investigações, os traficantes agiam disfarçados de mototaxistas no intuito de não serem identificados pela polícia. Os criminosos ficavam baseados nas ruas de acesso à comunidade, onde recebiam as encomendas das drogas dos usuários e então iam até o interior da comunidade buscar os entorpecentes.

 

Segundo a Polícia Civil, essa é uma nova forma de atuação do tráfico que permitia ao criminosos não serem flagrados com as drogas em eventuais abordagens policiais.

 

Os envolvidos vão responder por tráfico, associação para o tráfico e organização criminosa.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique