Servidores da CEB podem paralisar atividades em Brasília a partir do dia 3

01:28 Geral, Notícias 26/11/2018 - 16h41 Brasília Embed

Dayana Vitor

O indicativo de greve foi decidido em assembleia do Sindicato dos Urbanitários do DF, nesta segunda-feira (26), após os trabalhadores rejeitarem a segunda proposta para o ACT - Acordo Coletivo de Trabalho.

 

O texto estabelecia aumento salarial de 100% do INPC- Índice Nacional de Preços ao Consumidor, adicional de condutor, vale-alimentação e outras cláusulas econômicas.

 

No entanto, a proposta não contemplou algumas das reivindicações da categoria, como o pagamento de um abono especial temporário por produtividade.

 

De acordo com o Sindicato dos Urbanitários, a CEB justifica que a condição financeira da empresa não permite avançar nas cláusulas econômicas.

 

Mas, segundo a entidade sindical, a empresa recebeu um Prêmio Internacional de Qualidade e Satisfação do cliente 2018, o que mostra uma recuperação da estatal.

 

O sindicato revela que a decisão do indicativo de greve pode ser revertida caso a empresa apresente uma contraproposta até o dia 3 de dezembro.

 

Em nota, a CEB afirmou que está em busca de entendimento com o sindicato dos urbanitários para que a greve não ocorra.

 

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique