FAB continua buscas por avião com indígenas desaparecido no Amapá

01:002 Geral, Notícias 16/12/2018 - 12h18 Brasília Embed

Juliana Cézar Nunes

A Força Aérea Brasileira continua as buscas pela aeronave de prefixo PT-RDZ, desaparecida no dia 2 de dezembro, no Amapá.

 

A operação já percorreu cerca de nove mil quilômetros quadrados, o equivalente a nove mil campos de futebol.

 

A aeronave transportava uma família indígena Tiriyó que embarcou na Aldeia Mataware, no Parque do Tumucumaque, e estava a caminho do município de Laranjal do Jari. O acesso à aldeia só é possível por via aérea.

 

De acordo com a Funai, Fundação Nacional do Índio, o piloto chegou a entrar em contato com a central e relatou uma pane no sistema, que obrigaria a realização de um pouso forçado. Depois disso, não houve mais contato.

 

Os radares identificaram o local onde teria ocorrido o pouso.

 

No entanto, até o momento, aeronave, passageiros e tripulação não foram encontrados.

 

A Força Aérea Brasileira continua à frente das buscas com dois aviões e um helicóptero.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique