Governador eleito de Roraima pede prorrogação da intervenção federal nos presídios

01:54 Geral, Notícias 06/12/2018 - 17h15 Brasília Embed

Michele Moreira

O governador eleito de Roraima, Antonio Denarium, solicitou a prorrogação por mais 60 dias – a partir de primeiro de janeiro – do pedido de intervenção federal no sistema penitenciário do estado. O acordo atual termina em 31 de dezembro.

 

Durante a declaração, o futuro governador estava acompanhado do coordenador da intervenção, Paulo Rodrigues, e de Márcio Amorim, que assume, em janeiro, a pasta da Segurança Pública no estado.

 

Denarium justificou o pedido alegando que precisa de tempo ao assumir o governo para tomar pé da situação.

 

O pedido foi feito por Denarium, nessa quarta-feira, após visita às obras de reforma da Penitenciária Agrícola de Monte Cristo e de construção do novo presídio.

 

Sobre Monte Cristo, ele afirmou que a situação ainda é caótica. Os detentos estão em um alojamento isolado enquanto é feita a recuperação da ala antiga.

 

O acordo ainda em vigência atendeu ao pedido da procuradora-geral, Raquel Dodge. Na solicitação de novembro, Dodge afirmou que os presídios locais estavam à beira de um colapso.

 

No mesmo mês, foi assinado acordo entre o governo federal e a atual governadora Suely Campos, estabelecendo a transferência da gestão administrativa, financeira e orçamentária dos sistemas prisional e socio-educativo do estado, para a União, até o final deste ano.

Deseja fazer algum tipo de manifestação?

Favor copiar o link do conteúdo ao apresentar sua sugestão, elogio, denúncia, reclamação ou solicitação.