Livro raro furtado da UFRJ é recuperado pela Polícia Federal na Paraíba

01:54 Geral, Notícias 11/12/2018 - 15h47 Brasília Embed

Lígia Souto

A Polícia Federal recuperou um livro raro que havia sido furtado da biblioteca Pedro Calmon, que pertence à Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). O exemplar do livro Cartas do P. Antonio Vieyra foi localizado em Campina Grande, na Paraíba, depois que agentes da PF cumpriram dois mandados de busca e apreensão. 

 

Segundo as investigações, a obra estava sendo vendida por meio de um leilão virtual, com lance inicial de R$ 3,5 mil. A operação, denominada Cartas, é uma referência ao título do livro furtado, que reúne correspondências do escritor e orador Padre Antônio Vieira.

 

Em maio do ano passado, a Polícia Federal abriu um inquérito para investigar o furto de mais de 420 obras do acervo da biblioteca da UFRJ localizada na Praia Vermelha, zona sul da capital fluminense. Do total, 303 livros são considerados raros. Ainda em maio, a universidade conseguiu recuperar 12 exemplares. Três obras foram interceptadas a caminho da Europa.

 

De acordo com a universidade, o furto foi constatado em outubro de 2016, quando a Polícia Civil de São Paulo encontrou peças do acervo da UFRJ. Ao confirmar o ocorrido, a instituição registrou o crime junto à PF e abriu sindicância para investigar eventuais responsabilidades.

 

A sindicância, que se encerrou em março de 2017, constatou que o processo de reforma do edifício na Praia Vermelha pode ter favorecido a ação criminosa e que o roubo foi realizado por pessoa que possuía informação sobre a importância da coleção.

 

A universidade informou também que, após o registro do furto, adotou práticas para reforçar os mecanismos de segurança, em especial os relativos à proteção de acervos raros.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique