MP deve concluir denúncia contra João de Deus esta semana; médium prestou depoimento hoje

01:04 Geral, Notícias 26/12/2018 - 15h49 Brasília Embed

Lucas Pordeus León

O médium João Teixeira de Faria, mais conhecido como João de Deus, foi interrogado pelo Ministério Público de Goiás nesta quarta-feira (26).

 

Ele é acusado de praticar abusos sexuais contra mulheres que buscavam atendimento espiritual.

 

Os promotores da força-tarefa montada para apurar as denúncias contra João de Deus interrogaram o médium por cerca de uma hora e meia.

 

Ele deixou a prisão de manhã escoltado e retornou, por volta do meio-dia, ao complexo Prisional de Aparecida de Goiânia, onde está preso preventivamente desde o dia 16 de dezembro.

 

O Ministério Público não divulgou o teor do interrogatório, mas a assessoria de imprensa informa que a denúncia contra o médium deve ficar pronta ainda nesta semana.

 

A defesa nega todas as acusações.

 

O último balanço da força-tarefa registrou mais de 600 mensagens que somam cerca de 260 possíveis vítimas de crimes sexuais, incluindo crianças e adolescentes.

 

A esposa do médium, Ana Keyla Teixeira, também deve depor nesta quarta-feira (26) na Polícia Civil de Goiás.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique