Polícia do Rio prende homem ligado a Curicica, investigado no caso Marielle

02:00 Geral, Notícias 19/12/2018 - 13h02 Rio de Janeiro Embed

Ícaro Matos

Renato Nascimento Santos, conhecido como Renatinho Problema, deve prestar depoimento, nesta quarta-feira (19), na Delegacia de Homicídios da Capital, na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio de Janeiro.

 

Ele é apontado pela polícia como um dos membros da milícia liderada pelo ex-policial militar Orlando Curicica. Este último, por sua vez, foi acusado por um delator, em depoimento à Polícia Civil, de ser um dos mandantes do assassinato de Marielle e Anderson. O crime segue sem solução. 

 

Curicica, que está preso na Penitenciária Federal de Mossoró, no Rio Grande do Norte, por outros crimes, nega participação na morte da vereadora e de seu motorista.

 

Renatinho Problema foi preso nessa terça-feira (18), no município de Guapimirim, na Baixada Fluminense. De acordo com a Polícia Civil, o mandado de prisão cumprido contra ele foi emitido no âmbito da investigação de um crime de homicídio que não tem relação com o caso de Marielle e Anderson.

 

Também nessa terça-feira o vereador Marcelo Siciliano (PHS) protocolou pedido de levantamento do sigilo e federalização das investigações do assassinato de Marielle e Anderson. Além de Siciliano, assinaram a petição outros 37 dos 51 vereadores da Câmara Municipal do Rio de Janeiro. O documento será encaminhado à Procuradoria-Geral da República.

 

Siciliano também é apontado como um dos mandantes da morte de Marielle e Anderson, pelo mesmo delator que implicou Orlando Curicica. O vereador nega ter qualquer envolvimento no crime.

 

Na última sexta-feira (14), ele foi alvo de uma operação no âmbito das investigações do caso Marielle e Anderson. Na ocasião, a Polícia Civil cumpriu mandados de busca e apreensão na residência e no gabinete do parlamentar na Câmara de Vereadores.

 

Os agentes apreenderam aparelhos eletrônicos, computadores e documentos. Eles também arrancaram da parede e apreenderam um cofre, que não conseguiram abrir.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique