Após cirurgia, presidente irá despachar de hospital

00:58 Geral, Notícias 22/01/2019 - 09h20 Brasília Embed

Priscilla Mazenotti

A cirurgia do presidente Jair Bolsonaro para a retirada da bolsa de colostomia está marcada para o dia 28, segunda-feira da semana que vem. E, claro, a rotina presidencial será mudada nesse período. Durante a recuperação, o presidente deverá despachar e receber ministros e assessores no próprio hospital Albert Einstein, em São Paulo, onde será feita a cirurgia.

 

A Presidência inclusive vai montar uma estrutura no local e a primeira-dama, Michelle, vai acompanhar o marido durante todo o período de internação.


No domingo, dois dias depois de chegar de Davos, Bolsonaro já deve fazer os exames pré-operatórios. Será a cirurgia para a retirada da bolsa de colostomia, que ele usa desde que sofreu o atentado, em setembro do ano passado. A previsão inicial é de que o período de internação seja de dez dias, dependendo da evolução da recuperação dele.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique