Bolsonaro vai a Minas Gerais neste sábado para avaliar danos após rompimento de barragem

02:35 Geral, Notícias 25/01/2019 - 20h17 Brasília Embed

Bianca Paiva

Em pronunciamento na noite dessa sexta-feira (25), o presidente Jair Bolsonaro confirmou que vai sobrevoar neste sábado (26) a área afetada pelo rompimento da barragem da Mina Córrego do Feijão, na cidade de Brumadinho, região metropolitana de Belo Horizonte.

 

Bolsonaro informou que terá a companhia do ministro da Defesa, general Fernando Azevedo, e que deve se encontrar com o governador de Minas Gerais, Romeu Zema. O presidente disse ainda que já enviou ao estado os ministros do Meio Ambiente, Ricardo Salles, do Desenvolvimento Regional, Gustavo Canuto e de Minas e Energia, Bento Albuquerque.

 

Mais cedo, o presidente concedeu entrevista à Rádio Regional FM de Brumadinho. Ele falou sobre a instalação de um gabinete de crise para acompanhar a situação e lembrou do rompimento de outra barragem no estado, a de Mariana, há três anos.

 

O Corpo de Bombeiros estima que aproximadamente 200 pessoas estejam desaparecidas. Em nota, a Vale, empresa responsável pela barragem, disse que os rejeitos de mineração atingiram a área administrativa da companhia, onde havia funcionários, e parte da comunidade da Vila Ferteco. E que o resgate e os atendimentos aos feridos estão sendo realizados no local pelos bombeiros e pela Defesa Civil.

 

A empresa disse que ainda não há confirmação sobre a causa do acidente e ressaltou que a prioridade, no momento, é preservar e proteger a vida de empregados e de integrantes da comunidade.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique