Fazenda no Pará é alvo de ocupação de sem-terras

02:15 Geral, Notícias 15/01/2019 - 11h27 Brasília Embed

Renata Martins

Um grupo ligado à União Nacional Camponesa ocupa desde sexta-feira (11) a Fazenda Novo Mundo, no município de Itupiranga, próximo a Marabá, no Pará.

 

De acordo com o Ministério da Agricultura, a propriedade particular, de médio porte, tem cerca de 3 mil hectares e é produtiva, com criação de gado e plantio de diversas culturas.

 

Na tarde dessa segunda-feira (14), o secretário de Assuntos Fundiários, do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Nabhan Garcia, falou sobre o que ele disse ser a primeira invasão de sem-terras durante o governo Bolsonaro.

 

Sonora: "Foi uma invasão extremamente agressiva, com elementos armados. Os funcionários da fazenda estiveram presos e mantidos em cárcere privado por várias horas. Foram soltos depois. A fazenda continua invadida. Estima-se, pela própria polícia do Pará, que eram 300 pessoas. Acabei de receber uma informação que está chegando mais gente. O proprietário não pode entrar na sua própria propriedade. A sede está invadida.”

 

Nahban afirmou que solicitou empenho das autoridades paraenses.

 

Sonora: “O governador do Estado do Pará e o secretário de Segurança Pública do Pará, diante da situação grave que está ocorrendo, tomarão as medidas cabíveis, com respaldo do poder Judiciário. Obviamente que a polícia, para entrar lá dentro, vai ter uma autorização judicial. Da mesma forma que a reintegração de posse também será feita mediante a liminar de reintegração de posse. Agora, nesse quesito, aí sim, serão identificados os infratores e qualificados e punidos com o rigor da lei. E aqueles que estiverem armados serão preso em flagrante.”

 

O secretário de Assuntos Fundiários do Ministério da Agricultura negou que o governo vá paralisar os processos de reforma agrária; mas afirmou que não a fará sob ameças ou pressão.

 

O governo do Pará não retornou nosso pedido de informação. Ainda não conseguimos contato com representantes da União Nacional Camponesa.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique