Moradores de Brumadinho improvisam memorial às vítimas do rompimento da barragem da Mina do Feijão

01:44 Geral, Notícias 31/01/2019 - 08h05 Brumadinho (MG) Embed

Ana Graziela Aguiar

Velas e cartazes para lembrar os desaparecidos e as vítimas. Na praça de Brumadinho, quem passava era convidado a acender uma vela. Esta psicóloga fazia uma prece no memorial improvisado.

 

Do outro lado da cidade, na beira do rejeito, havia quem ainda procurava. Vanderson é uma delas. Ele procura o cunhado. Paulo era caseiro de um sítio que foi varrido pela lama.

 

Lindomar, irmão de Vanderson, também ajudava.

 

Foi com o trabalho em conjunto, que a família conseguiu encontrar alguns pertences de paulo, em meio à lama. Tereza, uma das irmãs, conta o que encontraram.

 

Apesar de encontrarem algumas coisas do irmão, a família segue sem notícias. Tereza conta emocionada que o mais importante ainda falta.

 

Gian era genro de Paulo. Mas, além do sogro, também vem até aqui buscar o tio, que trabalhava na Vale.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique