Morre Marcelo Yuka, fundador da banda O Rappa; corpo é velado na Lapa

01:52 Geral, Notícias 19/01/2019 - 15h45 Rio de Janeiro Embed

Lígia Souto

O compositor Marcelo Yuka, fundador da banda O Rappa, morreu no fim da noite dessa sexta-feira (18), no Hospital Quinta D'or, zona norte do Rio de Janeiro, onde ele estava internado em estado grave, após sofrer um acidente vascular cerebral no início deste ano.

 

O corpo do músico foi velado na Sala Cecília Meirelles, no bairro da Lapa, região central da capital fluminense.

 

Yuka, que nasceu no Rio, tinha 53 anos e era cadeirante desde o ano 2000, quando levou nove tiros e ficou paraplégico, ao tentar impedir um assalto. A partir do episódio, ele aumentou a participação em iniciativas de inclusão social por meio da música.

 

Ele integrou O Rappa de 1993 a 2001, atuando como baterista e compositor. Entre as letras que se tornaram sucesso estão Minha Alma, Me Deixa, Pescador de Ilusões e O Que Sobrou do Céu. Após deixar o grupo, o músico fundou a banda F.UR.T.O. (Frente Urbana de Trabalhos Organizados), em 2004.

 

Na política, foi filiado ao PSOL e chegou a concorrer como vice-prefeito do Rio de Janeiro, em uma chapa com Marcelo Freixo, em 2012.

 

Pelas redes sociais, amigos, artistas e políticos lamentaram a morte do ex-baterista. Freixo foi um dos que usou a internet para falar do amigo, ressaltando que mesmo com todas as limitações e sofrimentos, o compositor nunca deixou a alegria desaparecer.

 

Outro político que também prestou homenagens foi o ex-senador Eduardo Suplicy, destacando os temas como a violência, racismo e desigualdades sociais presentes nas letras deixadas por Marcelo Yuka.

 

No cenário musical, diferentes artistas fizeram agradecimentos ao músico, entre eles, Maria Rita, Marcelo D2, Bnegão, Marisa Monte, Elza Soares, e muitos outros.

 

Yuka já vinha sofrendo de problemas de saúde desde agosto do ano passado, quando teve o primeiro AVC.

 

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique