Presa no Rio procuradora acusada de tortura contra criança de 2 anos

01:03 Geral, Notícias 17/01/2019 - 17h57 Rio de Janeiro Embed

Cynthia Cruz

Policiais civis cumpriram, nesta quinta-feira (17), dois mandados de prisão contra a procuradora aposentada Vera Lúcia de Sant’anna Gomes pelo crime de tortura de uma criança de 2 anos de idade, em 2010.

 

A procuradora tinha a guarda provisória da menina, que tentava adotar.

 

Vera Lúcia foi condenada pela Justiça do Rio de Janeiro e presa naquele mesmo ano. Em 2014, ela foi solta por decisão da Primeira Turma do Supremo Tribunal Federal, mas voltou a ter sua prisão, em regime semiaberto, decretada em 2016, pela Justiça fluminense.

 

Desde então, ela era considerada foragida. Ao ser presa nesta quinta, segundo a Polícia Civil, Vera Lúcia passou mal e foi levada para o Hospital Copa D’Or, onde ficou sob custódia de policiais da Divisão de Capturas e Polícia Interestadual. Liberada, seguiu para a Cidade da Polícia, na zona norte da capital carioca. A mulher foi presa no apartamento dela, em Ipanema, na zona sul.

 

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique