Produtos vencidos e estocados de forma irregular são encontrados na Secretaria de Educação do Pará

01:33 Geral, Notícias 11/01/2019 - 13h21 Brasília Embed

Maíra Heinen

Extintores de incêndio, toneladas de feijão, milhares de livros didáticos. Esses e outros materiais vencidos foram encontrados na sede da Secretaria de Educação do Pará (Seduc), durante visita do governador Helder Barbalho, nessa quinta-feira (10).

 

A quantidade de produtos vencidos ou estocados de forma irregular impressionou a nova equipe de governo. Barbalho ressaltou que a situação encontrada explica o motivo de o estado ser o segundo pior no Ideb do país, o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica.

 

Foram encontrados mais de 2 mil extintores de incêndio estocados, vencidos desde o início de 2016; centenas de cadeiras armazenadas de forma irregular; mais de 7 mil livros didáticos novos, referentes ao ano de 2004.

 

Técnicos da Seduc ainda informaram que, em três anos, mais de 100 toneladas de feijão ficaram armazenadas e estragaram. 

 

Segundo o governo, a intenção é que alguns materiais como cadeiras e materiais didáticos sejam recuperados e reaproveitados após uma avaliação.

 

O próprio prédio da Seduc, inaugurado em 1985, deve receber reforma. O projeto inclui um auditório para 400 lugares, um restaurante e área de descanso para os mais de 1.300 servidores que trabalham na sede da instituição.

 

A secretaria informou que ainda está tentando calcular os prejuízos gerados e deve apresentar o balanço na próxima semana.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique