Raquel Dodge pede condenação de Geddel Vieira Lima a 80 anos de prisão

01:30 Geral, Notícias 09/01/2019 - 20h34 Brasília Embed

Leandro Martins

A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, pediu hoje (9) a condenação do ex-ministro e ex-deputado Geddel Vieira Lima a 80 anos de prisão pelos crimes de lavagem de dinheiro e associação criminosa. 

 

Ela também pediu a condenação do deputado Lúcio Vieira Lima (PMDB-BA), pelos mesmos crimes,a 48 anos e 6 meses de prisão. Ele é irmão de Geddel e não conseguiu se reeleger nas últimas eleições.

 

O pedido foi enviado ao STF nas alegações finais da ação relacionada aos R$ 51 milhões encontrados num apartamento de um amigo de Geddel, em Salvador.

 

Em nota, o advogado Gamil Föppel disse que a "defesa de Geddel Quadros Vieira Lima e Lúcio Quadros Vieira Lima lamenta que o Ministério Público tenha ignorado todas as provas produzidas na instrução processual e ofereça alegações finais lastreadas em vazias afirmações não comprovadas durante a instrução processual e em elementos de prova marcados por flagrante ilicitude". E que apresentará as alegações finais em breve. Föppel disse confiar na imparcialidade do Judiciário e que a análise dos autos resultará na absolvição de Geddel e Lúcio Vieira Lima.

 

Acompanhe detalhes com Leandro Martins.

 

*Com informações da Agência Brasil

** Matéria ampliada em 10/01/19 para acréscimo da nota da defesa de Geddel e Lúcio Vieira Lima. 

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique