Viva Maria: Museu da Justiça resgata em exposição a memória da participação política feminina

11:47 Geral, Programetes 31/01/2019 - 04h33 Brasília Embed

Apresentação Mara Régia

Nesta edição, nosso programa se despede deste sofrido janeiro ao som das vozes das mulheres que emprestaram sua força à luta pela conquista de nossos direitos.

 

Foi aberta ontem (30), no Rio de Janeiro, uma exposição essencial para quem quer aprender mais sobre a luta das mulheres do Brasil por seus direitos!

 

“Mulheres a hora e a voz – Direitos, conquistas e desafios”. Essa exposição vai continuar até 31 de maio no Museu da Justiça -Centro Cultural do Poder Judiciário (CCMJ), responsável pela iniciativa de traçar uma linha do tempo entre os primórdios do movimento feminista no mundo e no Brasil.

 

Destaque para os anos que marcaram, em nosso país, os principais avanços da cidadania feminina como 1879, ano em que as brasileiras conquistaram o direito de poderem se matricular em instituições de ensino superior até, mais recentemente, em 2006, com a promulgação da Lei Maria da Penha.

 

Contudo, no transcorrer desse tempo houve um período decisivo de participação cidadã das brasileiras: a Constituinte. E uma das feministas que mais se destacaram nessa luta atuando de forma efetiva para que a Constituição de 88 tivesse palavra de mulher é Jacqueline Pitanguy, à época presidente do Conselho Nacional dos Direitos da Mulher.

 

Hoje, ela é coordenadora executiva da ONG Cidadania, Estudo, Pesquisa, Informação e Ação (Cepia). Jaqqueline, em seu depoimento na exposição “Mulheres a hora e a voz”, empresta à memória nacional a real dimensão do protagonismo político das mulheres do Brasil.

 

Parabéns, Jacqueline!

 

 

Viva Maria: Programete que aborda assuntos ligados aos direitos das mulheres e outros aspectos da questão de gênero. É publicado de segunda a sexta-feira. Acesse aqui as edições anteriores.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique