Viva Maria: Professora relembra visita de Malala ao Brasil e sua homenagem à vereadora Marielle

08:46 Geral, Programetes 14/01/2019 - 05h21 Brasília Embed

Apresentação Mara Régia

A exemplo do protesto musical da cantora Marisa Monte contra a ação da Companhia Municipal de Limpeza Urbana (Comlurb), do Rio de Janeiro, que nos idos 2000, ignorando a obra do Profeta Gentileza e seus poemas desenhados nas pilastras da Avenida Brasil, pintaram o muro de cinza, mulheres em movimento se levantam em memória à vereadora Marielle Franco, assassinada junto com seu motorista, Anderson Gomes, no dia 14 de março do ano passado.

 

Decididas a recuperar o painel que foi vandalizado em meados de dezembro com tinta preta para cobrir o rosto da vereadora, logo mais, elas prometem refazer todos os traços do desenho, que foi inaugurado na comunidade Tavares Bastos, no Catete, pela paquistanesa Malala Yousafzai, a mais jovem ganhadora de um Prêmio Nobel da Paz.

 

Numa demonstração de resistência , Monica Benício, companheira de Mariele, declarou: “ Eles vandalizam um painel, nós reconstruímos. Eles quebraram uma placa, nós refizemos milhares. Eles depredaram um grafite? O que vamos fazer? Exatamente, reconstruir”.

 

Nesta segunda-feira (14), mulheres rodadas e muitas outras que integram a Rede Namí, estarão no Catete, das 18hàs 20h, realizando uma programação que inclui uma oficina de grafite.

 

Arte que é também utilizada como instrumento de educação. E falou educação, impossível não lembrar de Gina Vieira Ponte, professora da educação básica da Secretaria de Educação do Distrito Federal que, a partir da leitura de livros de escritoras e de personalidades como Malala, vem transformando não só a vida de seus alunos, mas também o modelo de educação vigente. Bem-vinda mais uma vez ao Viva Maria!

 

Viva Maria: Programete que aborda assuntos ligados aos direitos das mulheres e outros aspectos da questão de gênero. É publicado de segunda a sexta-feira. Acesse aqui as edições anteriores.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique