Witzel e André Ceciliano repudiam ataque a tiros ao carro da deputada Martha Rocha

01:21 Geral, Notícias 13/01/2019 - 16h18 Rio de Janeiro Embed

Joana Moscatelli

Após o ataque a tiros ao carro da deputada estadual Martha Rocha, o governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, e o presidente da Assembleia Legislativa (Alerj), André Ceciliano, classificaram o episódio como gravíssimo.

 

Em nota, Witzel informou que já determinou ao secretário da Polícia Civil, Marcus Vinicius Braga, que concentre todos os esforços no esclarecimento do crime.

 

Segundo ele, o ataque atinge não somente a deputada Martha Rocha, mas todo o povo fluminense. Ainda na nota, o governador voltou a defender mudanças na legislação brasileira e a “necessidade de que bandidos sejam tratados como terroristas”.

 

Também por meio de comunicado, o presidente da Alerj considerou extremamente grave o ataque e cobrou apuração urgente para prisão e punição dos responsáveis.

 

Pelo Twitter, a viúva de Marielle Franco, Mônica Benício, também se manifestou. Mônica comentou que espera que as autoridades esclareçam a autoria do crime e que os responsáveis sejam presos. Segundo ela, o Rio de Janeiro não precisa de mais impunidade.

 

Nesta segunda-feira (14), o assassinato de Marielle Franco e seu motorista Anderson Gomes completa 10 meses. O crime continua sem solução.

 

Na manhã deste domingo, o carro da deputada Martha Rocha foi alvo de tiros de fuzil. Ela não foi atingida e o motorista foi baleado na perna, mas já teve alta do hospital.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique