Cemitério em Brumadinho é ampliado para enterrar vítimas de rompimento de barragem

02:15 Geral, Notícias 04/02/2019 - 08h27 Brumadinho (MG) Embed

Ana Graziela Aguiar

As ruas antes tranquilas foram tomadas por vários carros. Policiais Militares e voluntários. A Comunidade do Córrego do Feijão, em Brumadinho (MG), foi uma das mais afetadas pelo rompimento da barragem.

 

Por aqui vivem cerca de 400 pessoas e todas se conhecem. Desde 2015, no cemitério, não foi feito nenhum enterro. Agora, ele teve que ser ampliado.

 


Confira a matéria da repórter Ana Graziela.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique