Crivella quer avaliação de árvores e condição do solo da Niemeyer após temporal

02:06 Geral, Notícias 07/02/2019 - 15h12 Rio de Janeiro Embed

Raquel Júnia

Após a queda de uma árvore que atingiu um ônibus na Avenida Niemeyer e deixou pelo menos uma vítima, o prefeito do Rio, Marcelo Crivella prometeu uma avaliação rigorosa da condição do solo da região e do estado das árvores.

 

Também na Avenida Niemeyer um trecho da ciclovia Tim Maia, que já funcionava parcialmente desde o rompimento que resultou na morte de duas pessoas em 2016, desabou.

 

Moradores do Morro do Vidigal, que ficaram ilhados, nesta quinta-feira, pelo fechamento da Avenida Niemeyer relataram que há muito tempo há preocupação com as árvores da encosta que desabou parcialmente.

 

A cuidadora Joseli Martins aponta uma árvore em especial que na visão dos moradores merece atenção.

 

Outra pessoa morreu atingida por um desabamento no Vidigal, onde outras seis pessoas ficaram feridas e já foram socorridas, mas o estado de saúde delas ainda não foi informado.

 

Em Guaratiba, na zona oeste, houve duas mortes, e na Rocinha, na zona sul, uma pessoa morreu em consequência de desabamentos. A prefeitura do Rio decretou luto oficial de três dias.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique