Cruzeiro do Sul decreta situação de emergência com cheia do Juruá

02:05 Geral, Notícias 08/02/2019 - 11h44 Brasília Embed

Bianca Paiva

O nível do rio Juruá alcançou a marca 13,74 metros nessa quinta-feira (7), em Cruzeiro do Sul, no Acre, e a prefeitura decidiu decretar situação de emergência.


O volume das águas superou a cota de emergência, que é de 13,65 metros. Cerca de 20 mil pessoas foram afetadas pela subida do rio e já começaram a ser retiradas das casas, segundo o prefeito em exercício, Zequinha Lima.


“Já temos 12 famílias no abrigo, sete famílias em casas de parentes e sete no aluguel social. E o número de famílias que estão fazendo o pedido à Defesa Civil para serem retiradas de suas casas só tem aumentado, tendo em vista que o nível das águas tem se elevado muito rápido.”


O abrigo social conta com 32 boxes e o número pode dobrar, se for necessário. No local, elas recebem alimentação, assistência social e de saúde.


A situação preocupa a prefeitura de Cruzeiro do Sul porque a previsão, segundo a Defesa Civil, é de mais chuvas nos próximos dias.


O prefeito da cidade, Ilderlei Cordeiro, que cumpre agenda oficial nos Estados Unidos, gravou um vídeo informando à população que solicitou apoio dos governos estadual e federal.


“Olá, meus irmãos de Cruzeiro do Sul. Estou preocupado com essa situação da nossa cidade. Já falei com o governador Gladson Cameli para nos ajudar no reconhecimento desse decreto, pelo estado.  E o deputado Alan Rick vai nos ajudar com o ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, para reconhecer esse decreto e automaticamente nos ajudar com recursos do governo federal.”


Na terça-feira (5), o governador do Acre, Gladson Camelí, esteve nas áreas inundadas da cidade e afirmou que todos os esforços estão sendo feitos para que as famílias atingidas tenham a atenção devida.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique