Funai confirma denúncias de invasão de terras indígenas em Rondônia

02:03 Geral, Notícias 01/02/2019 - 09h02 Brasília Embed

Bianca Paiva

O presidente da Fundação Nacional do Índio (Funai), Franklimberg de Freitas, esteve nesta semana em Rondônia para verificar denúncias de que posseiros e madeireiros estão invadindo terras indígenas e fazendo ameaças.


A missão foi feita a pedido da ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves. O subsecretário de Promoção da Igualdade Racial da pasta, Ezequiel Roque, acompanhou Franklinberg.


Na quarta-feira (30), eles sobrevoaram as Terras Indígenas Uru-Eu-Wau-Wau e Karipuna e visitaram, uma delas. O presidente da Funai informou que foi possível confirmar uma grande quantidade de invasões.


Ele explicou aos povos da região que o governo federal não incentiva a invasão a terras indígenas.


“Segundo levantado em algumas dessas terras indígenas, alguns desses invasores alegam que o governo federal esteja incentivando essas invasões quando, na realidade, isso não é verdade. O governo não está incentivando que sejam invadidas as terras indígenas. Justamente nós viemos aqui no estado de Rondônia, realizamos uma reunião com o governador e órgãos de segurança pública para o planejamento de operações que venham se contrapor a esse tipo de atividade que vem ocorrendo em algumas áreas.”


A reunião ocorreu na terça-feira (29), com a participação de lideranças indígenas, do governador de Rondônia, coronel Marcos Rocha, e representantes de diversos órgãos como Polícia Federal (PF) e Ministério Público Federal (MPF).


O grupo discutiu estratégias e operações conjuntas. Os indígenas reivindicaram ação imediata do Estado brasileiro e relataram dificuldades de circular pela área e de receber atendimento médico devido à ameaças que estariam recebendo.


O MPF informou que já repassou as denúncias ao Ministério da Justiça para adoção de providências, como o  envio da Força Nacional à região.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique