Ministro do STJ nega prisão domiciliar a João de Deus

00:54 Geral, Notícias 10/02/2019 - 10h11 Brasília Embed

Victor Ribeiro

O ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ), Nefi Cordeiro, negou o pedido de prisão domiciliar ao médium João Teixeira de Faria, o João de Deus. A decisão tem caráter liminar, ou seja, temporário, e o advogado Alberto Toron disse que aguarda agora o julgamento do mérito.

 

A defesa destacou a gravidade do estado de saúde do médium para pedir que ele cumpra a prisão em casa. O STJ determinou que a Justiça de Goiás esclarecesse a real situação de saúde de João de Deus e a possibilidade de ele ser atendido no presídio.

 

Algumas informações já chegaram ao tribunal, mas o ministro Nefi Cordeiro, que é o relator do pedido, considerou melhor aguardar outros esclarecimentos. Depois ele enviará o processo ao Ministério Público e, só então, julgar o mérito.

 

João de Deus está preso desde 16 de dezembro após ter sido acusado de abuso sexual.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique