Moradores de Barão de Cocais deixam casas após alerta de barragem da Vale em MG

02:11 Geral, Notícias 08/02/2019 - 08h53 Brasília Embed

Priscilla Mazenotti

Cerca de 500 pessoas precisaram ser retiradas de casa ainda de madrugada em Barão de Cocais, Minas Gerais. Isso por causa da barragem Sul Superior da Mina Congo Soco, que é da Vale.

 

A determinação para a saída das pessoas veio da Agência Nacional de Mineração.

 

As sirenes tocaram por volta de uma hora da manhã. Um dos moradores, durante a retirada, chegou a gravar o sinal de alerta.

 

O evacuamento é por precaução e ocorreu após a empresa de consultoria Warm negar a declaração de condição de estabilidade à estrutura. 

 

De acordo com a nota divulgada pela prefeitura, foi acionado o nível dois de risco na barragem.

 

Por isso, as pessoas da região da comunidade do Socorro, Tabuleiro e Piteiras, que ficam a dois quilômetros da barragem, precisaram ser retiradas. Os moradores foram encaminhados para o ginásio poliesportivo da cidade, onde serão temporariamente abrigados.

 

A Vale informou que, como medida de segurança, está intensificando as inspeções na barragem Sul Superior e que pretende implantar equipamento de detecção de movimentações milimétricas na estrutura. 

 

Consultores internacionais deverão fazer uma nova avaliação da situação no domingo (10). 

 

Em outra região, em Itatiaiuçu, que fica na região metropolitana de Belo Horizonte, cerca de 50 famílias também foram retiradas durante a madrugada, depois que a Defesa Civil alertou para o risco de rompimento da barragem que pertence à mineradora ArcelorMittal, que não respondeu aos contatos até o fechamento da reportagem. 

 

Enquanto isso, em Brumandinho, os bombeiros entram no 15º dia de buscas. Até agora, são 157 mortos e 182 desaparecidos.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique