Moradores próximos de barragem no DF vão passar por simulação de rompimento

01:39 Geral, Notícias 16/02/2019 - 12h22 Brasília Embed

Anna Luisa Praser

Moradores que vivem nas proximidades da Barragem do Paranoá, no Distrito Federal, estão sendo orientados sobre como agir em caso de emergência. O trabalho faz parte das ações de prevenção de acidentes e é desenvolvido pela Defesa Civil, em parceria com a CEB - Companhia de Energia de Brasília -, desde o início desta semana.

 

As áreas abordadas foram escolhidas a partir de um mapa de inundação fornecido pela CEB e que faz uma estimativa de quais regiões poderiam ser inundadas em caso de rompimento da barragem.

 

Dez técnicos têm conversado com as famílias que moram no perímetro de até 10 quilômetros de distância da barragem, o que inclui os núcleos rurais Boqueirão e Paranoá.

 

A ideia é que a comunidade esteja preparada e saiba como agir, caso seja necessário. Por isso, na próxima segunda-feira (17), às 15h, as sirenes serão acionadas para testar se o alerta pode ser ouvido a cada dois quilômetros, até o limite de dez quilômetros da barragem.

 

Após os testes, a Defesa Civil fará uma reunião com a comunidade local e apresentará pontos de encontro, às margens direita e esquerda do rio São Bartolomeu, onde os moradores estarão seguros em caso de rompimento da barragem.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique