Polícia Civil faz operação contra suspeitos de integrar milícia no Rio

01:01 Geral, Notícias 14/02/2019 - 09h39 Rio de Janeiro Embed

Ícaro Matos

A Polícia Civil realiza operação, nesta quinta-feira (14), contra a Liga da Justiça, apontada como a maior milícia do estado do Rio de Janeiro. Os agentes buscam cumprir 12 mandados de prisão e 18 de busca e apreensão na zona oeste da capital e na baixada fluminense.

 

Entre os alvos estão Wellington da Silva Braga, o Ecko, apontado como o chefe do bando, e o irmão dele Luís Antônio da Silva Braga, o Zinho, que seria o responsável pela lavagem do dinheiro ilícito obtido pela milícia.

 

A Justiça também determinou o sequestro e o bloqueio de cerca de R$ 4 milhões em imóveis pertencentes à integrantes da quadrilha.

 

De acordo com a Polícia Civil, investigações comprovaram que os imóveis de alto padrão foram adquiridos com dinheiro proveniente do crime.

 

A operação começou no fim da madrugada e até à 8h ainda não tinham sido divulgadas informações sobre prisões ou apreensões.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique