Delegado diz que já iniciou segunda fase das investigações sobre assassinato de Marielle

01:49 Geral, Notícias 25/03/2019 - 17h01 Rio de Janeiro Embed

Lígia Souto

O novo chefe da Delegacia de Homicídios da Capital Fluminense, Daniel Rosa, disse que tem o compromisso de elucidar os assassinatos da vereadora Marielle Franco e do motorista Anderson Gomes.

 

Após cerimônia de posse, nesta segunda-feira (25), na sede da DH, na Barra da Tijuca, zona norte do Rio, o delegado confirmou que já deu início à segunda fase das investigações, que deve esclarecer sobre os mandantes e a motivação do crime, que completou um ano no dia 14 de março.

 

O delegado disse ainda que vai usar toda a tecnologia da primeira fase para dar continuidade à investigação.

 

Antes de passar o cargo para Daniel Rosa, o secretário de Polícia Civil, Marcus Vinicius Braga, elogiou o empenho do ex-chefe da DH, Giniton Lages, em especial, frente ao caso Marielle.

 

A primeira etapa da investigação resultou nas prisões do sargento aposentado Ronie Lessa, do ex-policial militar Élcio Queiroz, e na apreensão de 117 fuzis.

 

O secretário disse, ainda, que Daniel Rosa terá todo o apoio para prosseguir com a segunda fase do inquérito.

 

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique