Governo do Rio cancela concessão do estádio do Maracanã

02:31 Geral, Notícias 18/03/2019 - 16h33 Brasília Embed

Lígia Souto

O governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel anunciou, nesta segunda feira (18), cancelamento do contrato com o consórcio que administra o estádio do Maracanã.

 

Com isso, o governo do estado reassume o controle do complexo esportivo até a realização de uma nova licitação.

 

O decreto ainda será publicado no Diário Oficial do estado.

 

Durante coletiva de imprensa, no Palácio Guanabara, Witzel explicou que a decisão foi tomada em decorrência do descumprimento do contrato.

 

Segundo o governo estadual, a concessionária não pagava as parcelas de outorga desde maio de 2017, gerando uma dívida de R$ 38 milhões aos cofres públicos.

 

A atual concessionária, gerida pela Odebrecht, tem até 19 de abril para deixar a administração.

 

A medida, segundo o governador, não afeta os clubes ou a realização das partidas de futebol.

 

Witzel explicou que nos próximos 30 dias, uma comissão que está sendo formada vai trabalhar na retomada da administração do estádio pelo poder público.

 

Dentro desse prazo, será elaborada uma permissão de uso do espaço. Também será lançada uma nova licitação para que uma parceria público-privada assuma a gestão do estádio.

 

O governador disse que também pretende construir uma laje sobre a estação de trem da Supervia em frente ao Maracanã para preservar o parque Aquático Júlio De Lamare, o estádio de atletismo Célio de Barros e o antigo Museu do Índio.

 

A ideia é que o espaço possa ser ocupado por estacionamento, shoppings e até hotéis.

 

Por nota, a concessionária disse que foi surpreendida ao receber a notícia pela imprensa.

 

A empresa afirmou que não teve acesso a nenhum ato oficial do Governo do Estado.

 

Alguns clubes também se manifestaram. O Flamengo divulgou nota parabenizando a decisão. Disse que espera que a nova licitação contemple a possibilidade dos clubes do Rio participarem da administração do Maracanã.

 

O Fluminense também avaliou de forma positiva o cancelamento da atual concessão e ressaltou que espera que, a partir de agora, os clubes passem a ter participação na administração do estádio.

 

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique