Justiça autoriza Lula a acompanhar velório do neto em SP; criança morreu vítima de meningite

01:08 Geral, Notícias 01/03/2019 - 20h19 Brasília Embed

Victor Ribeiro

A Justiça Federal em Curitiba autorizou a participação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no velório do neto Arthur, de 7 anos, que morreu nessa sexta-feira (1), vítima de meningite.

 

Para preservar a intimidade da família, garantir a integridade de Lula e evitar tumulto, a juíza federal Carolina Lebbos determinou manter sob sigilo os detalhes do deslocamento.

 

Os advogados do ex-presidente pediram que a Justiça permitisse a ida de Lula ao velório.

 

De acordo com a Lei de Execução Penal, presos podem deixar a prisão para comparecer ao velório de parentes próximos. O Ministério Público Federal no Paraná já havia concordado com o pedido.


Em nota, a Vigília Lula Livre prometeu respeitar todas as condições necessárias para a liberação e indicou que não haverá protesto no funeral, que deve ocorrer neste sábado.


Pedimos manifestação da defesa do ex-presidente, mas até agora não recebemos resposta.


Lula está preso na Superintendência da Polícia Federal em Curitiba desde o dia 7 de abril do ano passado, após ser condenado em segunda instância a 12 anos e um mês de prisão, pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro, no caso do trÍplex do Guarujá.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique