Moradores da Zona da Mata de MG são retirados de casa nesse sábado por risco em barragem

01:22 Geral, Notícias 17/03/2019 - 09h45 Brasília Embed

Lucas Pordeus León

Mais uma comunidade precisou abandonar as casas por causa do risco de rompimento de uma barragem da empresa Vale no município de Rio Preto, na Zona da Mata de Minas Gerais.

 

Segundo o Corpo de Bombeiros do estado, 29 pessoas deixaram, na manhã desse sábado (16), as 19 residências onde moravam no Povoado de Conceição de Monte Alegre.

 

Em nota, a Vale informou que subiu para o nível 2 de risco a Pequena Central Hidrelétrica Mello por causa do aumento do nível de água no reservatório, causado pelas chuvas intensas na região.

 

A mineradora explica que, desde o ano passado, a hidrelétrica de Rio Preto, em Minas, passa por obras para aumentar a segurança da estrutura. A Vale ainda destaca que acionou os moradores e ofereceu hospedagem a eles. A mineradora diz que está monitorando a situação da barragem, que se encontra estável, mas não há previsão de retirada do alerta.

 

Esta é a quarta vez que moradores precisam abandonar as casas por risco de rompimento de barragens desde a tragédia em Brumadinho no final de janeiro. No dia 8 de fevereiro, mais de 200 pessoas do município de Barão de Cocais, na região central de Minas, e de Itatiaiuçu, na região metropolitana de Belo Horizonte, deixaram as residências por causa de risco de rompimento em barragens.

 

Já no dia 16 de fevereiro, cerca de 200 pessoas precisaram deixar as casas na comunidade de Macacos, no município de Nova Lima, também na Grande BH.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique