MP do Rio pede prisão preventiva de motorista de aplicativo acusado de estupro de adolescente

01:43 Geral, Notícias 20/03/2019 - 15h02 Rio de Janeiro Embed

Ícaro Matos

O Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro pediu à Justiça a conversão da prisão de Carlos Eduardo Santos de Araujo, de temporária para preventiva, que é aquela que não tem prazo para acabar.

 

Carlos, que tem 34 anos e é motorista do aplicativo Uber, foi preso no último dia 14 de fevereiro, suspeito de ter estuprado uma adolescente de 15 anos, em Bangú, na zona oeste do Rio de Janeiro.

 

O crime ocorreu no mês de Janeiro. De acordo com o Ministério Público, a menor fez uma viagem com Carlos para ir à escola. No fim do trajeto, o motorista trancou a porta e não permitiu que a menina saísse do carro. Em seguida, ele teria levado a adolescente até um matagal, onde cometeu o estupro.

 

Carlos também foi denunciado por falsificação de documento público e uso de documento falso, já que estava cadastrado no Uber com nome e identidade falsos. A foto usada por ele no cadastro era real, mas os dados eram de outra pessoa.

 

Segundo o Ministério Público, Carlos substituiu a foto da carteira de motorista de  Leonardo Silva Fernandes de Oliveira pela dele, para se cadastrar no aplicativo. Por isso Leonardo também foi denunciado como partícipe do crime de uso de documento falso, uma vez que teria emprestado sua carteira de motorista para Carlos.

 

O Ministério Público ainda pediu que a Justiça determine que o Uber suspenda o cadastramento de novos motoristas no Estado do Rio, até que a empresa adote mecanismos eficazes de proteção aos consumidores, com regularização dos protocolos de segurança.

 

O Uber foi procurado, mas não se pronunciou até o fechamento da reportagem.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique