No DF, polícia faz buscas a oito acusados de violência doméstica

01:48 Geral, Notícias 05/04/2019 - 18h43 Brasília Embed

Dayana Vítor

Oito homens que bateram em suas mulheres, fizeram tortura psicológica e até ameaça de morte são procurados pela 6ª Delegacia de Polícia do Paranoá, que desencadeou a Operação Salve Rainha nesta sexta-feira (5).

 

Eles têm mandados de prisão em aberto por crimes da Lei Maria da Penha, mas a polícia não conseguiu encontrá-los nesta sexta (5).

 

Apesar de não prender nenhum dos alvos da Operação Salve Rainha, a polícia cumpriu três mandados de busca e apreensão na casa dos suspeitos.

 

Em uma das residências foram encontradas armas, drogas e dinheiro.

 

O objetivo da operação Salve Rainha é diminuir a violência doméstica e evitar que esses homens cometam feminicídio, como explica a delegada-chefe da 6ª DP, Jane Klébia.

 

Em março, duas mulheres foram vítimas de feminicídio, no Paranoá e em Itapoã. Após um dos crimes, o autor fugiu para o Maranhão, mas a Polícia Civil conseguiu prendê-lo.

 

No segundo caso, o ex-companheiro matou a mulher em frente a um dos filhos do casal, de apenas um ano, e depois cometeu suicídio.

 

Também houve, no mês passado, uma tentativa de homicídio contra a ex-companheira.

 

Durante o crime, o autor colocou fogo em colchões e abriu o botijão de gás para tentar matar a ex-esposa.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique