Viva Maria: Semana de Proteção contra o Amianto é marcada por lançamento de livro

07:24 Geral, Programetes 22/04/2019 - 10h49 Brasília Embed

Apresentação Mara Régia

No dia da Terra, data que foi criada em 1970 para se transformar num dia voltado para a construção de uma consciência comum aos problemas da contaminação, conservação da biodiversidade e outras preocupações ambientais, Viva Maria comemora também essa que coincidentemente é a data de nascimento oficial desse nosso país saudando os primeiros donos da nossa pátria mãe!

 

E pensar que quando os portugueses aqui chegaram nossos parentes eram 5 milhões e hoje, segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), apenas 734.131 mil pessoas consideram-se indios, nossa dívida com as nações indígenas não é pequena!

 

A Funai estima, inclusive, que esse número seja bem inferior, por considerar como índio apenas aqueles que vivem em reservas, com isso, a quantidade cai para aproximadamente 358 mil.

 

Os principais centros de concentração de índios se localizam nas regiões do Amazonas, Nordeste, Centro-sul e no estado do Mato Grosso do Sul.

 

Esta semana muitas das lideranças que habitam esses terrítórios estarão em Brasília. 

 

Aproximadamente, estão sendo esperadas mais de 4 mil representantes das mais diversas etnias para mais uma edição do Acampamento Terra Livre que de 24 a 26 promete ocupar a Esplanada dos Ministérios.

 

Na última quarta-feira o governo federal autorizou que a Força Nacional realize a segurança da Esplanada e Praça dos 3 Poderes por 33 dias, período que coincide com o evento.

 

Acompanharemos o ATL e outras agendas como a que inaugura nesse 22 de abril a Semana de Proteção contra o Amianto.

 

Esse ano, ela será coroada com o lançamento do livro “Eternidade – A Construção Social do Banimento do Amianto no Brasil”, escrito pela jornalista, escritora e poeta Marina Moura, prefaciado pela premiada jornalista, escritora e documentarista Eliane Brum, e coordenado pela ex-auditora-fiscal do Ministério do Trabalho, Fernanda Giannasi, que conversa com a gente sobre a obra que nas palavras de Eliane Brum é “ um livro para que os mortos permaneçam vivos, para que os vivos tenham paz. Para que o Brasil não esqueça o que sequer é capaz de lembrar”.

 

Irretocável como tudo que escreve, não é Fernanda ?

 

Viva Maria: Programete que aborda assuntos ligados aos direitos das mulheres e outros aspectos da questão de gênero. É publicado de segunda a sexta-feira. Acesse aqui as edições anteriores.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique