Governo do Rio faz megaoperação para transferir 2,4 mil presos

01:28 Geral, Notícias 24/05/2019 - 14h38 Rio de Janeiro Embed

Cristiane Ribeiro

A Secretaria de Administração Penitenciária (Seap) do Rio fez, nesta sexta-feira (24), uma megaoperação para transferir cerca de 2.400 presos de quatro unidades do estado.

 

A operação atende a uma recomendação da Corte Internacional de Direitos Humanos, para abrir uma unidade de regime semiaberto para presos que não pertençam a nenhuma facção criminosa.

 

E, também, segundo o secretário de Administração Penitenciária, Alexandre Azevedo, visa oferecer melhores condições de trabalho aos agentes penitenciários e mais qualidade no atendimento aos presos.

 

As transferências foram feitas entre o Instituto Penal Edgar Costa, em Niterói, e o Instituto Penal Plácido de Sá Carvalho, Instituto Penal Benjamin de Morais e Penitenciária Industrial Esmeraldino Bandeira, no Complexo de Gericinó.

 

Ainda segundo a Seap, o Instituto Penal Benjamin de Moraes será a unidade prisional que receberá os presos sem facção criminosa.

 

Durante a transferência dos presos, os agentes penitenciários apreenderam mais de 70 celulares. Oito presos foram flagrados usando os aparelhos e serão punidos com processos disciplinares.

 

Participaram da operação 400 inspetores penitenciários e funcionários do Serviço de Operações Especiais, da Corregedoria e da Superintendência de Inteligência, apoiados por diversas viaturas. 

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique