'Todo tempo é tempo', diz aposentada de 70 anos diplomada em artes cênicas no Acre

03:02 Geral, Notícias 26/05/2019 - 10h12 Brasília Embed

Bianca Paiva

Ela tinha 65 anos idade, já estava aposentada, mas decidiu voltar a estudar. E aos 70 anos, aplaudida de pé pelos colegas de sala, a dona Ivete Maria de Souza recebeu o diploma de Artes Cênicas da Universidade Federal do Acre.

 

Ela conta como realizou esse sonho, que alimentava desde criança quando morava em um seringal no interior do estado.

 

As artes cênicas sempre fizeram parte da vida da dona Ivete.

 

Como atriz, ela viajou durante muitos anos pelo país apresentando peças.

 

Agora formada, ela quer abrir uma escolinha de teatro em casa, na capital Rio Branco, e ajudar as pessoas da comunidade, especialmente crianças e adolescentes.

 

De acordo com dados de 2017 do Inep, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira, cerca de 24,7 mil pessoas, entre 60 e 69 anos, estão matriculadas no ensino superior.

 

Na faixa de 70 a 79 anos, são 1.844. Já o número de idosos em universidades e faculdades com 80 anos ou mais é de 125.

 

E quem pensa que a dona Ivete lá do Acre vai parar de estudar se engana. Ela deixa a lição de que nunca é tarde para tentar o diploma de nível superior.

 

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique