Atendimentos em hospitais federais no Rio crescem 11%

03:27 Geral, Notícias 11/06/2019 - 10h01 Rio de Janeiro Embed

Fabiana Sampaio

Os atendimentos nos seis hospitais federais do Rio de Janeiro aumentaram 11%, de acordo com balanço divulgado nessa segunda-feira (10), pela Ação Integrada de Apoio à Gestão das Unidades no Estado, uma parceria entre o Ministério da Saúde e a Secretaria-Geral da Presidência da República.


Foram realizados 443 mil procedimentos nessas unidades, entre janeiro e maio, quase 45 mil a mais do que no mesmo período do ano passado.


A emergência foi a principal porta de entrada de pacientes na rede federal do Estado, segundo o balanço, com aumento de 44% no número de atendimentos.


O levantamento do Ministério da Saúde apontou aumento em todos os indicadores acompanhados: cirurgias, ambulatório e internações, além da Emergência.


O ministro-chefe da Secretaria-Geral da Presidência da República, Floriano Peixoto, esteve nessa segunda-feira (10) no Hospital Federal Cardoso Fontes, na zona oeste do Rio.


Peixoto afirmou que após cinco meses de trabalho é difícil apresentar números mais impactantes de algo que se está tentando corrigir de décadas atrás.


Mas disse que vários avanços foram implementados no curto período, entre eles, citou um novo modelo de governança e organograma, com determinação de responsabilidades, a instalação de ouvidorias, a centralização do processo de compras e serviços, que deve ser implantada em breve e vai viabilizar, segundo o ministro, um economia de R$ 50 milhões ao ano para os cofres públicos.


O ministro ainda confirmou a liberação de R$ 120 milhões do Ministério da Saúde para reformas emergenciais de infraestrutura e serviços nos seis hospitais.


Floriano Peixoto também confirmou que será feita uma contratação adicional de 1.200 profissionais para reforçar o quadro funcional nas unidades hospitalares federais no Rio de Janeiro.


A diretora do Hospital Cardoso Fontes, Ana Paula da Silva, citou mudanças que já aconteceram na unidade.


A rede federal do Rio de Janeiro conta com mais de 1.600 leitos. O custeio de todas essas unidades chega a mais de R$ 2 bilhões, por ano.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique