Lula, Palocci e Paulo Bernardo tornam-se réus em ação penal da Justiça Federal em Brasília

02:04 Geral, Notícias 06/06/2019 - 20h50 Brasília Embed

Kariane Costa

O ex presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o ex-ministro Antônio Palocci e o ex-ministro Paulo Bernardo, além do empresário Marcelo Odebrecht, passaram a ser réus em uma ação penal da Justiça Federal, em Brasília.

 

O caso envolve suposto pagamento de propina da Odebrecht em troca de favores do governo federal.

 

Eles são acusados de facilitar ilicitamente abertura de linha de crédito do Banco Nacional de Desenvolvimento Social (BNDES) para Angola, em 2010, na época que Lula era presidente, em troca de vantagens indevidas da empresa Odebrecht.

 

Em nota, a advogada de Paulo Bernardo negou a participação do ex-ministro nos fatos e disse que vai provar a inocência do cliente ao longo da ação penal.

 

Já a defesa do empresário Marcelo Odebrecht informou que não conhece a denúncia e não vai se manifestar no momento.

 

Também em nota, o advogado do ex presidente Lula, Cristiano Zanin, voltou afirmar que Lula está sendo vitima de perseguição politica. Zanin disse que Lula jamais solicitou ou recebeu qualquer vantagem indevida antes, durante ou após exercer o cargo de presidente da República.
A nota ainda reclama que Lula não foi ouvido durante a investigação e que o delator mentiu aos procuradores.

 

Já a defesa de Antônio Palocci disse que ele vai colaborar com a Justiça para o esclarecimento dos fatos.

 

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique