Reforma da pista principal do Santos Dumont é adiada por tempo indeterminado

02:15 Geral, Notícias 25/06/2019 - 14h37 Rio de Janeiro Embed

Ícaro Matos

A reforma da pista principal do Aeroporto Santos Dumont, no centro do Rio de Janeiro, que seria realizada entre os dias 12 de agosto e 11 de setembro, foi adiada por tempo indeterminado. A informação foi divulgada em nota, publicada nessa segunda-feira (24) pela Infraero, a estatal que administra o aeroporto.

 

De acordo com o comunicado, o adiamento ocorreu para que o terminal não fosse fechado durante o período da obra, já que a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) proibiu a operação de aviões turbo-jato na pista auxiliar do Santos Dumont, o que inviabilizaria as operações no aeroporto.

 

O planejamento da Infraero previa a utilização da pista secundária para manobras de pousos e decolagens durante a reforma da pista principal, mas isso será possível após a pista auxiliar passar por uma série de adequações determinadas pela Anac.

 

A previsão inicial da Infraero é que essa obra na pista auxiliar seja concluída ainda na primeira quinzena de julho. Então, a estrutura será vistoriada pela Anac e, se for aprovada, poderá ser usada temporariamente para as operações de aeronaves até a categoria 3C, tais como Embraer E-195, Airbus A318 e Boeing 737-700, ATR-72.

 

Mas, depois disso, ainda será necessário mais um prazo para que as companhias aéreas possam adequar suas operações no Santos Dumont, antes que a reforma da pista principal seja iniciada.

 

Atualmente, apenas a Gol e a Azul estão autorizadas a operar na pista auxiliar do Santos Dumont, já que possuem aeronaves dos modelos liberados para uso na pista secundária. A Latam, que não possui nenhum modelo dos aviões permitidos, terá que transferir seus voos para o Aeroporto Tom Jobim-Galeão.

 

De acordo com a Infraero, a reforma da pista principal do Santos Dumont é necessária para manter os atuais níveis de segurança nas operações do aeroporto. A última intervenção do tipo, realizada no terminal, foi feita em 2009 e tinha validade de dez anos.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique