Defensorias do Pará e da União tentam garantir na Justiça pagamento do PIS/Pasep

02:14 Geral, Notícias 17/07/2019 - 12h04 Brasília Embed

Renata Martins

Para garantir o pagamento do abono salarial do PIS/Pasep para quem perdeu o prazo para sacar o benefício, a Defensoria Pública do Estado do Pará e a Defensoria Pública da União entraram com uma ação civil pública na justiça Federal.

 

A ação foi protocolada depois que 400 pessoas procuraram o Núcleo Regional do Marajó da Defensoria Pública do Estado, no município de Breves, para reclamar que não receberam o abono salarial a que teriam direito.

 

Os trabalhadores relataram que foram à Caixa Econômica Federal e ao Banco do Brasil para retirar o benefício depois do dia 28 de junho, prazo final para o saque do abono salarial ano-base de 2017.

 

Os defensores públicos questionam na ação que o pagamento, feito conforme calendário anual estabelecido pelo Conselho Deliberativo do Fundo de Amparo ao Trabalhador (Codefat), não tem amparo legal.

 

É o que esclarece o Defensor Público Federal Raphael Soares.

 

Caso a decisão seja acatada pela Justiça será estendida para todas as pessoas que tenham direito ao benefício.

 

O defensor federal destaca que somente este ano, cerca de 2 milhões de trabalhadores não sacaram o abono salarial ano-base de 2017.

 

O Banco do Brasil informou que a instituição financeira apenas cumpre os prazos determinados pelo Governo Federal. A Caixa Econômica ainda não retornou nosso contato.

 

A Advocacia-Geral da União informou que já foi intimidada e que vai se manifestar sobre a questão no prazo legal.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique