Número de comunidades terapêuticas deve aumentar nos estados do Norte e Nordeste

03:15 Geral, Notícias 09/07/2019 - 17h10 Brasília Embed

Renata Martins

Governo federal vai aumentar o número de comunidades terapêuticas para atendimento de usuário de drogas em estados com maior déficit de vagas.


Este mês, uma série de visitas da Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas do Ministério da Cidadania avaliou a situação desses centros de atendimento em estados do norte e nordeste.

 

Na última semana, o secretário da pasta, Quirino Cordeiro, esteve em Manaus, no Amazonas e em Boa Vista, em Roraima.

 

Ele falou das intenções do ministério da Cidadania de aumentar o financiamento para as comunidades terapêuticas nesses estados.

 

Quirino destacou que das 11 mil vagas para usuários de drogas nesses espaços no país, apenas 15 são oferecidas em Roraima e 82 no Amazonas.

 

Desde maio, as chamadas comunidades terapêuticas passaram a fazer parte do Sistema Nacional de Políticas sobre Drogas.

 

Esses espaços são organizações sem fins lucrativos, muitas vezes, ligadas a organizações religiosas.

 

Uma inspeção do Ministério Público Federal em 2017 identificou abusos cometidos nesses espaços. Entre as práticas, trabalhos forçados e sem remuneração, o uso de castigos físicos, a privação de liberdade e a violação à liberdade religiosa, além de conduções à força para a internação.

 

De acordo com o Ministério da Cidadania, a secretaria realiza fiscalizações mensais nessas comunidades e as visitas também têm o objetivo de capacitar as unidades para uma possível expansão no atendimento a dependentes químicos.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique