Operação conjunta no Rio de Janeiro busca envolvidos em construções irregulares na Muzema

01:59 Geral, Notícias 16/07/2019 - 09h48 Rio de Janeiro Embed

Ícaro Matos

A Policia Civil e o Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro deflagraram operação conjunta nesta terça-feira (16), contra pessoas e empresas que teriam se associado a milícias e estariam envolvidas com construções irregulares na Muzema, onde dois prédios desabaram em abril, mantando 24 pessoas, e também em outras comunidades da zona oeste da capital fluminense.

 

Foram denunciadas à Justiça 27 pessoas por envolvimento em organização criminosa e outros delitos relacionados à exploração imobiliária clandestina como ocupação, loteamento, construção, venda, locação e financiamento ilegais de imóveis; ligações clandestinas de água e energia elétrica; crimes ambientais; e corrupção de agentes públicos.

 

O objetivo dos agentes é cumprir 17 mandados de prisão preventiva, além de mandados de busca e apreensão.

 

Entre os principais alvos estão Bruno Cancella, Antonio de Brito Machado e Thiago de Farias Martins, que estariam envolvidos na ocupação irregular, venda e comercialização dos imóveis.

 

Também foi pedida pelo Ministério Público e deferida pela Justiça a suspensão cautelar das atividades das empresas BLX Serviço de Engenharia e Manuel Containers Andaimes Rio Eireli devido ao direcionamento de seus objetos sociais para a prática dos crimes ambientais.

 

Segundo o Ministério Público, os envolvidos participaram de empreendimentos imobiliários que exploraram o déficit habitacional urbano, servindo como fonte ilícita de riqueza para poucos, em detrimento de toda a coletividade.

 

Ainda de acordo com o órgão, as edificações de grande porte erguidas sem autorização do poder público, inclusive com a utilização de maquinário pesado, não oferecem o mínimo de segurança para seus habitantes e causam graves danos ao meio ambiente.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique