São Paulo: MPF entra na Justiça para esvaziamento de barragem em Iaras

01:17 Geral, Notícias 18/07/2019 - 17h20 São Paulo Embed

Eliane Gonçalves

O Ministério Público Federal (MPF) entrou com uma ação na Justiça para obrigar o Incra, o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária, a esvaziar uma barragem que corre o risco de desmoronar, em Iaras, no sudoeste paulista.

 

O reservatório d’água fica no assentamento rural Zumbi dos Palmares. Na ação, os procuradores também pedem a remoção imediata das famílias, que podem ser atingidas caso a barragem venha abaixo.

 

Em outubro do ano passado, um laudo técnico do Departamento de Águas e Energia Elétrica do Estado constatou que existe um risco severo de rompimento do reservatório.

 

Segundo o laudo, as obras de emergência custariam em torno de R$ 1,9 milhão. Já a solução provisória mais barata, que é o esvaziamento do reservatório, ficaria na casa dos R$ 260 mil.

 

Mas, de acordo com o Ministério Público, o Incra alega que não tem recursos para fazer nem mesmo a medida mais simples.

 

A barragem em Iaras tem cerca de 400 metros de extensão e espelho d’água de 240 mil metros quadrados.

 

No assentamento vivem cerca de 600 famílias.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique