Cinco cidades de cada região do país receberão projeto-piloto contra crimes violentos

02:18 Geral, Notícias 29/08/2019 - 21h41 Brasília Embed

Victor Ribeiro

O governo federal apresentou, nessa quinta-feira, o projeto “Em Frente, Brasil”. O objetivo é articular ações em conjunto com estados e municípios para reduzir a criminalidade.

 

Inicialmente, o programa será levado a cinco cidades, uma em cada região do país: Ananindeua, no Pará; Paulista, em Pernambuco; Cariacica, no Espírito Santo; Goiânia, em Goiás; e São José dos Pinhais, no Paraná.

 

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, destacou que essa primeira etapa será um teste.

 

“É um projeto-piloto, por isso escolhemos cinco municípios, um em cada região, levando uma série de fatores em consideração para começarmos, aprendermos, e adiante, com esse aprendizado, nós expandirmos o projeto para outras localidades”.

 


Os cinco municípios registraram muitos homicídios de 2015 a 2017. O projeto tem foco no combate a crimes violentos, como homicídios, feminicídios, estupros, latrocínios e roubos. Além da repressão por forças de segurança, as localidades receberão ações de educação, saúde, habitação, emprego, cultura, esporte e programas sociais.

 

A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, destacou a importância da unificação da base de dados da Segurança Pública nos estados e das medidas na área social.

 

“Essa base de dados revela algo absolutamente precioso. É que mais da metade desses homicídios acontecem em 120 cidades. É, por isso, muito possível debelar a violência que acontece em determinados lugares, e providenciar assistência social”.

 

O projeto tem bases no foco territorial, na repressão dos crimes violentos, na prevenção social e na governança e gestão. A expectativa do ministro da Cidadania, Osmar Terra, é de que os resultados apareçam em pouco tempo.


“Num curto espaço de tempo, testar as ações integradas que podem haver, não só na área de segurança, mas também para garantir uma melhoria nos indicadores sociais e no atendimento a essa população mais necessitada”.

 

O governo planeja fazer um balanço do “Em Frente Brasil” em fevereiro do ano que vem. A partir daí, decidirá o futuro do projeto.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique