Mais de 20% dos pais têm a guarda compartilhada dos filhos no Brasil, segundo IBGE

00:00 Geral, Notícias 09/08/2019 - 17h50 Brasília Embed

Dayana Vítor

Carinho, atenção e uma bronca na hora certa fazem toda a diferença para construir uma relação de afeto entre pais e filhos! E muitos pais modernos fazem questão de conviver com os pequenos, frutos de um relacionamento, que não existe mais.

 

Hoje, mais de 20% dos casais que se separam têm a guarda compartilhada dos filhos, segundo as últimas estatísticas de registro civil do IBGE- Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística.

 

Em 2014, apenas 7% dos pais separados tinham esse tipo de guarda.

 

O funcionário público, Luciano Pavão, divide com a ex-esposa os cuidados com o filho de seis anos. Na relação amistosa entre os dois, quem mais ganha é a criança.

 

A consciência da importância do papel de um pai na vida dos filhos é construída, desde que a pessoa é pequena, segundo a terapeuta de família e casal, Ana Márcia Tenório.

 

O bancário e pai de duas filhas Rodrigo Rodrigues sabe a relevância do seu papel de pai na vida das pequenas.

 

Os pais do Espírito Santo são os que mais dividem os cuidados da criação dos filhos com as ex-companheiros. Depois, vem os da Bahia e Amazonas, segundo o IBGE.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique