Patrulha Maria da Penha: Rio lança programa de atendimento a casos de violência doméstica

02:42 Geral, Notícias 05/08/2019 - 20h41 Rio de Janeiro Embed

Lígia Souto

A Secretaria de Estado de Polícia Militar do Rio de Janeiro lançou, nesta segunda-feira (5), o programa Patrulha Maria da Penha – Guardiões da Vida, em solenidade realizada no Quartel General da corporação. A iniciativa, concebida em parceria com o Tribunal de Justiça do Estado, vai prestar atendimento especializado aos casos de violência doméstica, fazendo o acompanhamento da mulher que foi ameaçada ou agredida.

 

Todos os batalhões da PM receberão uma viatura caracterizada e uma equipe com agentes treinados, que vão atuar com uma braçadeira de identificação. Os policiais da Patrulha Maria da Penha não farão o atendimento emergencial, atuando em uma segunda etapa. A ideia é seguir um roteiro com os endereços de mulheres que tiveram medidas protetivas a seu favor expedidas pela Justiça e, dessa forma, passar segurança às vítimas. O atendimento pelo telefone 190 continuará a ser realizado pela viatura mais próxima da denúncia.

 

De acordo com a major Claudia Moraes, subchefe do Escritório de Programas de Prevenção da PM, o patrulhamento terá início pela capital e Baixada Fluminense.

 

Ainda segundo a major Claudia Moraes, experiências mostram que o acompanhamento de mulheres vítimas de violência tem inibido a reincidência de casos.

 

O programa é inspirado no projeto-piloto Guardiões da Vida, implementado na região de Três Rios, no Centro-Sul Fluminense, em 2015. De acordo com a Polícia Militar, após o acompanhamento das mulheres que sofreram ameaças ou agressões, a reincidência caiu de quase 80% para 3,4%.

 

As denúncias de violência doméstica contra a mulher lideram o ranking dos acionamentos no serviço 190. No primeiro semestre deste ano, das quase 165 mil chamadas recebidas, mais de 30 mil tratavam desse tipo de crime.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique