Presa quadrilha que fraudava licitações e contratos públicos da Codesp em Santos

02:24 Geral, Notícias 22/08/2019 - 16h51 São Paulo Embed

Raquel Junia

Deflagrada nesta quinta-feira a operação círculo vicioso, uma segunda fase da operação tritão, desencadeada em outubro de 2018. A operação da polícia Federal, junto com a CGU e o Ministério Público Federal, foi para prender membros de uma organização criminosa que estaria há anos fraudando licitações e contratos públicos da Codesp, a companhia de Docas de São Paulo, que administra o porto de Santos.

 

Foram emitidos 21 mandados de prisão temporária e 24 mandados de busca e apreensão. Todos os mandados foram cumpridos e 2 suspeitos ainda não foram presos. Nas fotos divulgadas pela polícia federal há apreensão de jóias e acessórios feitos de ouro apreendidos da residência de um dos empresários envolvidos no esquema.

 

Para os investigadores, um ex-deputado federal influente na cidade de Guarujá era o cabeça do esquema, já que era ele que fazia indicação de membros da antiga diretoria da Codesp, que viabilizavam a fraude e recebiam propinas mensais.

 

De acordo com o procurador do Ministério Público, Thiago Lacerdo Nobre, o ex deputado importou para a Codesp um esquema bem sucedido de corrupção, da época em que foi vereador no Guarujá.

 

Segundo o Delegado Eduardo Alexandre Fontes, em um dos contratos, com uma empresa de segurança, foi constatado que ele era renovado de forma fraudulenta há mais de 10 anos tendo gerado custos de 100 milhões de reais à Codesp nesse período. Alem disso o serviço prestado era aquém do esperado, o que pode ter contribuído para acobertar outros delitos, como o tráfico de drogas.

 

A força tarefa ressaltou a importância e cooperação da nova diretoria da Codesp nessas denúncias. Os investigados serão indiciados por organização e associação criminosa, fraude a licitações e corrupção ativa e passiva.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique