Cidades em região de fronteira terão reforço na vacinação contra sarampo e febre amarela

01:28 Geral, Notícias 16/09/2019 - 15h47 Brasília Embed

Lucas Pordeus León

A vacinação contra o sarampo e a febre amarela será intensificada em cinco municípios brasileiros que fazem fronteira com Paraguai, Argentina e Uruguai. O chamado Movimento Vacina Brasil nas fronteiras foi lançado nesta segunda-feira (16) pelo ministério da Saúde na cidade de Ponta Porã, no Mato Grosso do Sul.

 

A ação deve seguir até o dia 27 de setembro também nas cidades de Dionísio Cerqueira, em Santa Catarina, Barra do Quaraí, no Rio Grande do Sul e nos municípios de Foz do Iguaçú e Barracão, no Paraná.

 

A campanha também ocorre em cidades da Argentina, Uruguai e Paraguai que fazem fronteira com o Brasil.

 

Ao todo, serão enviadas 37 mil doses contra sarampo e 4 mil contra febre amarela.

 

Contra o sarampo, serão vacinadas crianças de 6 meses a pessoas com 29 anos. Já contra a febre amarela, o público alvo são crianças a partir dos 9 meses e pessoas com até 59 anos de idade.

 

O sarampo, que havia sido erradicado do território brasileiro, voltou a aparecer.

 

Foram 3.339 mil casos confirmados em 16 estados nos últimos três meses. Quatro pessoas morreram por sarampo, três menores de 1 ano e uma pessoa de 42 anos.

 

Já a febre amarela registrou 85 casos em 2019, sendo 15 mortes pela doença.

 

A maior parte dos infectados são jovens adultos do sexo masculino, que moram ou trabalham em áreas rurais.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique