Força-tarefa visa cobrar R$200 milhões de grandes desmatadores

01:20 Geral, Notícias 24/09/2019 - 19h32 Brasília Embed

Victor Ribeiro

Uma portaria da Advocacia-Geral da União criou uma força-tarefa contra infratores ambientais na Amazônia.

 

O grupo tem como prioridade dar andamento a 12 ações judiciais que, juntas, cobram mais de R$200 milhões de grandes desmatadores.

 

O advogado-geral da União, André Mendonça, afirmou que o objetivo do grupo é acelerar o andamento de ações que tramitam na Justiça desde 2015.

 

A força-tarefa é formada por 20 integrantes: deles, 15 são procuradores federais, que representam órgãos como o Ibama e o ICMBio, Instituto Chico Mendes de Biodiversidade, e os outros cinco são advogados da União.

 

Caberá aos integrantes da força-tarefa responder citações, intimações e notificações que envolvam fiscalizações ambientais; e processar infratores, pedindo indenização e reparo de danos ao meio ambiente. A equipe também vai elaborar relatórios com o resultado do trabalho.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique