Mourão defende soberania do Brasil e da Amazônia e elogia discurso do presidente na ONU

02:33 Geral, Notícias 24/09/2019 - 19h52 Rio de Janeiro Embed

Fabiana Sampaio

O presidente da República em exercício  Hamilton Mourão defendeu nesta quarta-feira a soberania do Brasil na Amazônia, afirmando que ela não  é o pulmão do mundo, nem patrimônio da humanidade.

 

Em palestra na sede do Clube Militar, no centro do Rio, Mourão também elogiou o discurso do presidente Jair Bolsonaro, na Assembleia Geral da ONU, em Nova York. Segundo Mourão, Bolsonaro foi incisivo, explícito, direto e soberano sobre o que chamou de falácias da Amazônia.

 

Durante a palestra, o presidente em exercício voltou a falar sobre a morte da menina Agatha Felix, de oito anos, no complexo de favelas do Alemão, atingida por um tiro nas costas. Segundo Mourão, narcoguerrilhas enfrentam o estado brasileiro, mas policiais são tidos como inimigos.  

 

Moradores do Alemão acusam policiais de terem disparado contra um homem em uma moto, quando a Kombi em que estava Ágatha passava. A Polícia Militar negou que houvesse operação policial no momento do ocorrido e disse que policiais faziam o patrulhamento regular do local.

 

Mourão também afirmou em seu discurso aos sócios do Clube Militar que o Estado precisa estar presente em comunidades e favelas e  romper o domínio de  traficantes e para avançar na questão social. O presidente ainda defendeu mudanças na legislação como a diminuição da maioridade penal e disse que é preciso fazer esse debate sem paixão ou ideologia.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique